Tempero da Vida

Em outros tempos/História
Rosane Vidinhas
7 de março de 2017

A chegada dos adoçantes foi um desafio!

Pronto! Verão. Tempo de biquíni. Você que substituiu o açúcar por adoçantes artificiais pode mesmo usar biquíni?

Anúncio da Cooperativa Central dos Produtores de Açúcar e Álcool do Estado de São Paulo

Revista  Veja  – Janeiro de 1969

 

A chegada dos adoçantes foi um desafio!

A indústria do açúcar se mobilizou com anúncios desse tipo: – AÇÚCAR é ENERGIA!

Sentir medo de algo novo… ou prevalecer a enorme vontade de emagrecer, dessa forma retirando o açúcar?

E os produtores de açúcar não descansavam. Produziam anúncios para liquidar com os adoçantes artificiais!

 

Como a imagem não está muito legal, reproduzi o texto:

“Finalmente, a grande verdade: a Administração de Alimentos e Drogas (FDA) norte-americana condenou, de uma vez por todas, os alimentos dietéticos e as bebidas adoçadas com ciclamato.

Por que?Porque os ciclamatos não servem para os diabéticos e muito menos para os regimes de emagrecer.

É o tal negócio! Desde 1967, nós vínhamos divulgando experiências que mostravam o risco do uso de adoçantes artificiais: perigo de câncer. Agora, as pesquisas e análises provam que a dose ainda considerada segura (168** miligramas por dia- equivalente à redução de 21 calorias) nem ajuda a emagrecer nem auxilia o diabético.

Quanto à obesidade, ainda vale mais um regime com açúcar.

Quando você deixa o açúcar você sente mais fome, come mais…e engorda.

O açúcar ao contrário ajuda você a controlar o apetite.

E quanto ao ciclamato isso sempre foi o maior papo furado.”

**Como está apagado. Não é possível comprovar o valor de 168 mg.

As balanças da marca Filizola chegaram as drogarias por volta de 1960. Antes, só se pesava num consultório médico. Encontrar com maior frequência uma balança, estimulava a pessoa a verificar seu peso ideal.

Nesse boom, surgem os primeiros “alimentos emagrecedores”. Os diets e lights, fora do nosso país, já eram bem procurados.

 

Leia o livro Nova História das Mulheres no Brasil. Organizadoras Carla Bassanezi Pinsky & Joana Maria Pedro. Editora Contexto.

 

 

© 2017 Tempero da Vida. Todos os direitos reservados.

Outlab.