Tempero da Vida

Eventos
Rosane Vidinhas
25 de março de 2018

SUPER RIO EXPOFOOD 2018

24 de março de 2018

Por Rosane Vidinhas

Nutricionista, dona de casa e pós-graduanda em Jornalismo Gastronômico… bom demais quando podemos participar de uma FEIRA DE ALIMENTOS.

A segunda maior Feira do Setor Alimentício da América Latina organizou essa que foi a 30ª (trigésima) edição nos dias 20, 21 e 22 de março, no Rio Centro, em Jacarepaguá, zona oeste do Rio de Janeiro. A Super Rio Expofood reuniu os setores de Supermercado, Panificação, Hotelaria, Franchising, Conveniência e Restaurantes.

Uma realização da ASSERJ (Associação de Supermercadistas do Rio de Janeiro) e Escala Eventos.

Melhor, meu coração se alegrou ao conferir a presença de tantos expositores e profissionais de excelência do setor de alimentos, fazendo acontecer. Bom sinal para nossa Economia!

Porque apesar da crise econômica que o Brasil atravessa, o segmento de produtos naturais no mercado que busca mais saúde para o consumidor, está em plena expansão.

Comer saudável não é moda. É preciso sim, equilibrar produtos naturais com o que há de alimentos industrializados, desde que essa indústria a cada dia tenha ciência de sua responsabilidade para conosco produzindo alimentos com menor quantidade de sal, açúcares, gorduras, diminuindo porções individuais por embalagem, etc.

Suco servido em copinhos de papel, uma proposta de sustentabilidade da Green People http://www.greenpeople.com.br 

O suco Do Bem pertence agora a AMBEV. Quando se formou, a AMBEV era uma união de cervejarias, agora incorporando sucos naturais.

É enorme desafio, se reinventar…pois não somente o Brasil envelhece, mas o mundo todo. Desta forma a indústria alimentícia precisa se adequar.

“O levantamento revela que 89% dos brasileiros acima de 55 anos concordam que vale a pena gastar mais com alimentos mais saudáveis, e quatro em cada cinco brasileiros, 83%, de forma geral, também dividem a mesma opinião” (Mintel – Pesquisa Global de Mercado e Insights de Mercado) .

Precisamos acreditar nesse diálogo entre o que queremos e precisamos para usufruirmos de boa saúde e a praticidade que essa indústria pode nos oferecer.

Queremos ser consumidores conscientes. Existe a modernidade, a vida corrida e até a garantia de um bom tempo de validade dos alimentos, que nos faz consumir industrializados. Porém, a indústria deve e pode evoluir, se empenhar em pesquisas e melhorar cada vez mais seus produtos.

Na Super Rio Expofood estavam presentes grandes marcas já no mercado há muitos anos, como por exemplo, a SELMI que comemorava seus 130 anos, assim como novos empreendedores e pequenos produtores buscando seu reconhecimento.

A SELMI no mercado desde 1887.

Na Feira do ano passado, foi criado o Movimento Sou do Rio. Vários empresários fluminenses tiveram a oportunidade de dividir um grande estande: SOU DO RIO para apresentar suas marcas, gerando negócios e novas oportunidades.

Consumir produtos que são criados mais próximos de nós, também é saúde.

A programação de palestras foi extensa e vários temas abordados.

Tive a oportunidade de estar presente em três painéis:

Lugar de Criança é no Supermercado: o Poder de Compras do Público Infanto-juvenil “

Na apresentação deste painel: Felipe Neto, um dos mais conhecidos Youtubers do Brasil com quase 20 milhões de inscritos em seu canal. Valderia Main, Gerente de Categorias do HortiFruti e Fátima Merlin, Economista, especialista em varejo, comportamento do consumidor e shopper.

Valderia, Felipe Neto e Fátima Merlin

Felipe Neto, Youtuber

Felipe Neto tem grande força com o público infantil e infanto – juvenil, disse da importância dos pais conhecerem aquilo que seus filhos hoje estão assistindo. “Não adianta querer obrigar a usar essa marca ou comprar esse produto, eles têm opinião própria”. Esse grupo não está vendo TV aberta, está na internet, no celular, portanto se quer vender e falar para esse público, o melhor canal é sim a internet.

Felipe falou do negócio de coxinhas no setor de alimentos que empreende com seu irmão Lucas Neto. Porém, uma pessoa no auditório, mãe, disse que sabia do seu filho acompanhá-lo e sugeriu que se ele era tão influenciador que deveria pensar em ajudar também num caminho para uma alimentação mais saudável. Comer coxinha, mas também incentivar na escolha de alimentos naturais.

Valderia Marin apresentou as estratégias e inovações de um mercado como o HortiFruti, que trata a compra, a presença de seu cliente na loja, seja criança ou adulto, como uma experiência emocional e não apenas como algo obrigatório e mecânico.

Fátima Merlin explicou tecnicamente sobre ferramentas capazes de encantar o cliente: layout & setorização, ambientação, sinalização do local de vendas, reconhecer de que público está falando,etc. Conquistar o cliente para fazer com que ele retorne, exige metodologia.

Num segundo painel, tivemos a oportunidade de ouvir o Chef francês de total alma brasileira, Claude Troigros.

Claude tem presença em vários programas de TV no GNT : (Que Marravilha /  Que Marravilha! Chato pra comer! / Que marravilha! Aula de cozinha! / Que Marravilha! Chefinhos / Que Marravilha! A Revanche! / The Taste Brasil e ainda empreende com seus restaurantes desde os anos 80, quando chegou ao Brasil. Recentemente abriu o Chez Claude no Leblon, Rio de Janeiro.

Uma história de vida para lá de interessante e totalmente voltada à gastronomia.

Questionado pela plateia sobre comida vegetariana, ele afirmou que já não considera tendência, é uma verdade. Fato que precisa ser bem considerado nos cardápios.

No último dia de Feira , o terceiro painel: “A Comunicação empresarial atual e a do futuro: Rádio, TV e Mídias Digitais”.

A mediadora foi Cynthia Vale, Gerente de marketing dos supermercados SuperPrix que acompanhou os painelistas: a Jornalista e apresentadora do Bom Dia Rio, da Rede Globo, Silvana Ramiro, dos radialistas da Rádio Tupi Clóvis Monteiro e Mário Belisário e o Diretor Comercial e Marketing do Centro Universitário Celso Lisboa, Felipe Borba.

A importância do Rádio diante das propagandas e o quanto as vozes dos locutores são marcadas ao anunciar as promoções dos Supermercados, foi ponto alto comentado pelos radialistas. Assim como, o quanto hoje o Rádio já está conectado as redes sociais ampliando seu público.

A Jornalista Silvana se colocou como consumidora fazendo um apelo para que os Supermercados não deixem de buscar a humanização (assunto reforçado por Clóvis Monteiro). Que tratem seus clientes mais de perto, que a preocupação não seja apenas em relação a preços. Os Supermercados precisam gerar conforto para seus clientes, boa variedade de produtos, ofertas atraentes, mas não podem deixar de ouvir as pessoas e promover integração entre mercado e consumidor.

Felipe Borba disse da importância de mensurar dados. Saber quem está ligado no produto vendido. Qualquer pessoa que quer vender, precisa disponibilizar cadastro e saber quem é seu público. Como ter o maior número de informações do cliente?

“Mesmo que a pessoa esteja vendo ou ouvindo TV e Rádio, ao querer pesquisar, ela sai do ambiente em que está e vai para a internet procurar no Google o que quer saber”. Também afirmou o quanto é importante a credibilidade da informação, tendo em vista o enorme número de “fakes” na internet que estão sendo repassados, sem suficiente conhecimento da sua veracidade. Repassar informação mentirosa é perigoso demais.

O painel fechou na certeza que todos os veículos de comunicação estão integrados, em simbiose.

Com a Jornalista Silvana Ramiro

Radialista da Rádio Tupi, Clóvis Monteiro.

Muitas aulas de confeitaria, coquetelaria, massas, sanduíches, etc. aconteceram no ESPAÇO GOURMET SHOW, com dois telões e os melhores profissionais do ramo da gastronomia dando aulas para um público ansioso por aprender técnicas, receitas e claro, degustar.

Um espaço de sucesso com curadoria de Rafael Zibelli Neto, presidente da AICC (Associação Internacional de Comércio e Cultura).

Rafael Zibelli Neto, no centro da foto. Crédito: AICC

No Espaço Gourmet Show também aconteceu a ETAPA DA COPA BRASILEIRA DE PIZZARIA SENHOR PIZZA, onde um júri escolheu as melhores pizzas e pizzaiolos.

Veja mais em: https://www.facebook.com/AICCAssociacaoInternacionaldeComercioeCultura

Empresas apresentaram seus produtos como máquinas, utensílios, que contribuem com os estabelecimentos como restaurantes, hotéis,etc.

Copos, talheres, embalagens etc. feitos de amido milho e não de plástico.

Uma Feira profissional permite encontros, reencontros de grande valor:

Com Joice Pereira, Jornalista e formada em Gastronomia. Amiga da pós-graduação em Jornalismo Gastronômico.

Nutricionista Ceci Santiago, professora e coordenadora do Curso de Gastronomia Da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro).

Professora Iracema, com quem tive aula no Curso de Pós Graduação em Qualidade e Higiene Alimentar na UGF (Universidade Gama Filho). Hoje, professora no Curso Técnico em Alimentos do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia.

Chef João Marcelo. Recentemente João fez apoio como Chef nos bastidores da Novela das 7 , Pega Pega, da Rede Globo. que se passava no fictício hotel Carioca Palace. Gravou na Ana Maria Braga ensinando sua brilhante receita de Ovos Beneditinos.Veja essa receita em: http://gshow.globo.com/receitas-gshow/receita/ovos-beneditinos-bc97845a-fc30-4424-b42c-df4ab6cbf82f.html

Nos estandes trocando experiências:

Recebendo orientações da profissional de Marketing da Verde Campo, Joanne Chaves.

Com a nutricionista Indianara Coimbra, da Trebeschi.

Uma variedade de produtos já bem conhecidos do público e tantos outros se apresentando.

Arroz La Victória, com a missão de realizar o cultivo sustentável de arroz no Brasil.

O BOM DOCE está há mais de 70 anos nas mãos Família Amaral. O neto e um afilhado agora tem o propósito de diminuir a concentração de açúcares.

A tradicional bala Toffee

OVOS Mantiqueira promovendo degustação. 

O estande dos sucos e água de coco Green People estava dinâmico com frases como:

Como Nutricionista desejo de verdade que possamos estar juntos a indústria alimentícia, buscando maior qualidade para nossa saúde!

© 2017 Tempero da Vida. Todos os direitos reservados.

Outlab.