Tempero da Vida

Dias Especiais
Rosane Vidinhas
30 de dezembro de 2018

ANO NOVO 2019. Do mercado para a mesa.

Rio, 30 de dezembro de 2018

Por Rosane Vidinhas

Somos ainda ecos de repetição, e as crenças populares soam às vezes mesmo sem pensar. E reproduzimos gestos, compramos o que não pode faltar à mesa no Ano Novo, reservando-nos o direito de buscar a sorte, prosperidade, fartura e dinheiro no bolso.

Principalmente se olhamos para trás e lembrarmos do que nossos pais pregavam na ceia do Ano Novo, esse “compromisso” parece mais sério ainda.

Do supermercado para a virada do ano: LENTILHAS, ROMÃS, UVAS VERDES E CARNE SUÍNA.

Porém, o renascimento, o novo precisa começar dentro de você. Busque o seu melhor, o seu verdadeiro talento, sua paz fazendo aquilo que mais gosta, encontre-se na espiritualidade se aproximando mais de Deus, esteja com amigos, reúna-se mais vezes com a família…

Todos esses recursos, aí sim, se farão valer.

“O réveillon é uma palavra de origem francesa usada para denominar a passagem de um ano para o outro. Em muitas culturas, a virada do ano é festejada e simboliza o recomeço, renovação, renascimento. No calendário gregoriano, o ano novo se inicia no dia 1.º de janeiro. Nas culturas ocidentais que seguem o calendário gregoriano, o réveillon é comemorado no dia 31 de dezembro, último dia do ano”. (Dicionário de Símbolos)

FELIZ 2019!

E alimentos na mesa ligados ao sucesso para o próximo ano?

Elegantly lit holiday dinner table with white ribboned gift

1- LENTILHAS

LENTILHA TRAZ SORTE E FARTURA, segundo a história.

É um dos alimentos mais antigos. Segundo a lenda, ela foi muito consumida na Roma Antiga.

Era utilizada como remédio, apreciada entre egípcios, persas e romanos.

Baseado no primeiro livro da Bíblia, Gênesis, Esaú abriu mão do direito de primogênito (herdeiro principal e o futuro líder da família) por estar faminto, em troca do guisado de lentilhas que Jacó preparava.

Na passagem Bíblica ESAÚ e JACÓ em Gênesis 25: 24-34

  1. Então disse a Jacó: Jura-me hoje. E jurou-lhe e vendeu a sua primogenitura a Jacó
  2. E Jacó deu pão a Esaú e o cozido de LENTILHAS, e ele comeu, bebeu e levantou-se e saiu. Assim, desprezou Esaú a sua primogenitura.

Mesmo tendo abdicado de futuro chefe de família, substituindo seu pai, Esaú acabou tendo sorte e tornou-se homem rico.

Também muitos acreditam, que o formato dos grãos de lentilha, por serem arredondados e achatados, lembram moedas. E por aumentarem de tamanho quando cozidos, trazem crescimento e propiciam sorte e ganho de dinheiro, riqueza nos próximos 12 meses.

Na Ceia de Réveillon muitos comem lentilha em salada, com arroz e cebola, sopa de lentilhas ou o famoso Mjadra, prato árabe de arroz com lentilhas e cebolas caramelizadas.

Separei dois vídeos legais no Youtube para fazer o Mjadra:

https://www.youtube.com/watch?v=Y8cxxyEdZlk

https://www.youtube.com/watch?v=I9qv7C5OuWw

Nos dois vídeos os chefs falam a mesma coisa: – é uma receita que precisa de paciência para a cebola caramelizar.

OK! se preparar e comer lentilhas no ANO NOVO significa ganhar dinheiro, e “dinheiro não cai do céu”, é preciso trabalhar e ter persistência, faz então todo o sentido.

Foto e receita do Majdra em:

https://www.coisasjudaicas.com/2015/05/mjadra.html

 2- ROMÃ

A romã é citada inúmeras vezes na Bíblia.

SIMBOLIZA SORTE, PROSPERIDADE e FERTILIDADE.

  1. Também farás o manto da estola, todo de azul.
  2. E uma abertura para a cabeça haverá no meio dele; esta abertura terá uma borda de obra tecida ao redor; como abertura de cota de malha será, para que não se rompa.
  3. E nas suas bordas farás romãs de azul, e de púrpura, e de carmesim, ao redor das suas bordas; e campainhas de ouro no meio delas ao redor.
  4. Uma campainha de ouro, e uma romã, outra campainha de ouro, e outra romã, haverá nas bordas do manto ao redor,
  5. E estará sobre Arão quando ministrar, para que se ouça o seu sonido, quando entrar no santuário diante do Senhor, e quando sair, para que não morra.

Essa roupa foi desenhada para que o sumo sacerdote entrasse no Santo dos Santos, onde estava a Arca da Aliança e a presença do DEUS todo poderoso.

Também segundo a Bíblia, quando os judeus chegaram à terra prometida, após abandonarem o Egito, os 12 espias que foram enviados para aquele lugar voltaram carregando romãs e outros frutos como amostras da fertilidade da terra que Jeová (Deus) prometera. Ela estaria presente nos jardins do rei Salomão.

“Cada coluna tinha oito metros e dez centímetros de altura. O capitel de bronze no alto de cada coluna tinha um metro e trinta e cinco centímetros de altura e era decorado com uma fileira de romãs de bronze ao redor”.

” Eu o conduziria e o traria à casa de minha mãe, e você me ensinaria.
Eu daria a você vinho aromatizado para beber, o néctar das minhas romãs”.

**Fora da Bíblia Sagrada, a Romã era ligada a Deusas e símbolo de sexualidade e fertilidade:

“Na Mitologia Grega, a romã esteve associada a algumas deusas, como a Deusa Hera, deusa das mulheres, do casamento e do nascimento e Afrodite, deusa da beleza, do amor e da sexualidade. Nesse contexto, a fruta simbolizava o rejuvenescimento. Além dela, a Romã era relacionada à deusa Perséfone, deusa da agricultura, da natureza, da fertilidade, das estações, das flores, dos frutos e das ervas. ”

**No ANO NOVO judaico:

“O Rabino Henry Sobel que, mencionou em determinada ocasião que os mesmos tem o costume de colocar debaixo dos seus travesseiros, sementes da fruta, quando da passagem do “Rosh Hashaná”, o Ano Novo Judaico, que é comemorado em setembro. A romã é uma das sete frutas pelas quais a terra de Israel foi abençoada.”

**E uma tradição bem típica brasileira:

“Mário Souto Maior que foi um grande pesquisador das tradições nordestinas, em seus estudos citou o fato de que no folclore nordestino, há o ritual de retirar sete caroços da mesma, quando da passagem de ano. Deve-se comer um de cada vez, guardando as suas sementes nos quatro cantos da casa ou utilizá-las na carteira. Isso teria o poder, para quem cumpre o ritual e nele acredita, de que irá trazer-lhe sorte, prosperidade e saúde durante todo o ano novo que estará começando”.

3-CARNES

A cultura popular diz para não se alimentar de aves (chester, peru), pois elas ciscam para trás. Isso poderia atrasar a vida de quem fizer esse consumo na virada do ano.

Por isso se aposta na carne de porco, que fuça para a frente. A indústria alimentícia produz o TENDER,  LOMBO,  LOMBINHO, PERNIL …

Muitos não comem porco, então vale peixe ou até uma ceia vegetariana.

4- BAGOS DE UVAS

Tocaram as baladas e barulho de fogos a meia noite, diz a crença popular que deve -se comer 12 uvas verdes (para muitos, uvas brancas) para ter dinheiro em todos os meses do ano.

E se é verdade… dizem que quanto mais doces, mais doce será seu ano.

“Para os portugueses, comer 3, 7 ou a quantidade correspondente ao seu número de sorte garante prosperidade e fartura de alimentos. Para garantir também dinheiro, guarde as sementes na carteira ou na bolsa, até o próximo Ano-Novo”.

 “O réveillon é uma palavra de origem francesa usada para denominar a passagem de um ano para o outro. Em muitas culturas, a virada do ano é festejada e simboliza o recomeço, renovação, renascimento. No calendário gregoriano, o ano novo se inicia no dia 1.º de janeiro. Nas culturas ocidentais que seguem o calendário gregoriano, o réveillon é comemorado no dia 31 de dezembro, último dia do ano”. (Dicionário de Símbolos)

 Que 2019 seja repleto de saúde, paz e sonhos realizados.

Fontes:

www.dicionariodesimbolos.com.br

www.nelsonjunior.wordpress.com

www.iblanchier3.blogspot.com

www.altagastronomia.com.br

http://basilio.fundaj.gov.br

www.correiodoestado.com.br

https://www.mariapiacasa.com.br

https://pt.wikipedia.org

A foto réveillon 2019 foi tirada da internet e não encontrei o autor.

 

© 2017 Tempero da Vida. Todos os direitos reservados.

Outlab.