Tempero da Vida

Eventos
Rosane Vidinhas
24 de setembro de 2017

Festival da Primavera-Alimentação Saudável Vegana

Por Rosane Vidinhas , 23 de setembro de 2017

O Festival da Primavera no Shopping Downtown na Barra da Tijuca permitiu de forma gratuita o público conhecer de perto vários produtores de alimentos saudáveis veganos, artesãos, assistir palestras e participar de yoga, dinâmicas sobre como controlar o estresse e evitar a depressão , dentre várias outras atividades, num ambiente ao ar livre, onde as pessoas podiam circular inclusive com seus animais de estimação.

Uma proposta da Comunidade Vida Liberta.

Mudar a vida das pessoas é urgente! Segundo pesquisas, o Brasil é o campeão de Ansiedade do Mundo! Alimentação Natural é uma das ferramentas para mudarmos essa realidade. De pouquinho, em pouquinho, vamos chegar lá.

A alimentação VEGANA não precisa ficar restrita a um determinado grupo. É sim uma opção pra lá de saudável! A essência são as verduras, legumes, frutas e nessa Feira da Primavera, vai encontrar várias preparações interessantes e muito nutritivas. E você, como onívoro (se alimenta de vegetais e carne), pode também se beneficiar desse conceito.

Pelo fato de não utilizarem leite, ovos, gordura hidrogenada, ficarem à distância dos industrializados, seus produtos são mais leves e suas receitas diferenciadas.

Normalmente substituem o leite de vaca pelo leite de arroz, de castanha, etc.

O azeite muitas vezes é utilizado para dar liga à receita ao invés de margarina industrializada.

O açúcar refinado é substituído pelo demerara.

Pode observar: é muita criatividade. Conversando com os culinaristas, temos a certeza que tentaram várias vezes uma receita até chegarem no ponto certo de textura e sabor.

Alguns defendem a comida crudívora. Sem cozinhar…

Shiitake in natura (cogumelos) – 100% orgânico de Paty do Alferes, no interior do estado do Rio de Janeiro.

Dia 23 de setembro é comemorado Dia do Sorvete e a Hoba estava lá.

Seus sorvetes não contem leite, ovo, glúten nem gordura hidrogenada. Nos sabores morango, chocolate com avelã  e paçoca, são feitos com leite de castanha de caju e a base pode ser de biomassa de banana verde e as frutas são orgânicas.

O copinho é feito de mandioca e pode virar adubo,promovendo sustentabilidade. A casquinha também é de mandioca.

Brigadeiros ao invés de leite condensado, é feito de leite caseiro de arroz, com chocolate orgânico e açúcar mascavo ou demerara.

D. Elizabeth e Jacqueline Dumani, mãe e filha, da 100 Pesar, nos cuidados com os brigadeiros, beijinhos e sonhos veganos. Mãe-filha sempre luz!

Pão da Serra. De São Pedro da Serra, de Nova Friburgo, região serrana do Rio. Delícia os “pãezinhos de queijo” da Adriana. Leva polvilho, porém as estrelas são as raízes (batata baroa, aipim, batata doce, inhame) da Agricultura Familiar, compradas toda semana direto do agricultor. Todos os pãezinhos levam chia e gergelim e de inhame também leva orégano, A liga da massa é dada por azeite extra-virgem. Delícia…estava quentinho!

No Veguita, os produtos são controlados pela Nutricionista Cintia Lombardi. Hambúrgueres de grão de bico, lentilha, feijão picante,quinoa, abóbora japonesa e shiitake.

Café 100% arábico, do Vale do Caparaó Capixaba, de 1.000 a 1.500m de altitude, das montanhas de Muniz Freire, no estado do Espírito Santo. Zero de acidez. Colheita manual. Produzido pela Família Paulúcio.

Fogosa Pimentas. Aninha, responsável pela empresa, conta com orgulho, que as pimentas dedo de moça usadas na confecção dos seus produtos, são cultivadas no seu quintal. E  ainda funcionaram para ela como remédio pois tinha problemas com colesterol alto e depois que descobriu as pimentas suas taxas normalizaram.

E dá dicas de combinações:

Geléia de maçã/cravo /canela e pimenta – bom para frango grelhado

Morango/ pimenta- no iogurte natural

Alecrim/pera/pimenta – queijos fortes

Damasco/canela/laranja/pimenta – finalizar um risoto de brie

maracujá/pimenta- salmão

Na barraquinha da Doce Vegana o forte são os brownies e tortas.

Salsichão de Pinhão do Vanilla Seeds: pinhão, tofu e castanhas.

Esse Shopping Downtown é bom demais! sou vizinha e amo muito! até pelo fato de estar sempre promovendo eventos que estimulam a alimentação saudável.

Sucos 100% naturais da Maori Pure Juice.

Patrícia Mattos e Rogério Pires são os responsáveis pela marca Velho Armazém. O compromisso de desenvolver produtos de qualidade fez com que eles contratassem nutricionistas para adequarem as instalações de fabricação e garantisse a higiene alimentar. A proposta é que seus temperos tenham qualidade de alimentação funcional e resgate de temperos um tanto deixados de lado como alfavaca, hortelã pimenta e cúrcuma entre outros. Desenvolveram uma linha que pudesse atender a todos os públicos. Os temperos como o urucum com páprica pode ser usado em massas; alfavaca no falael ou temperar feijão; segredos do oriente com cúrcuma no refogado do arroz. Por serem temperos frescos contem infinitamente menos sal e não contém glutamato.

A circulação pela Feira era gratuita assim como as palestras, dinâmicas e outras atividades.

Ricardo Antônio,biólogo, que faz parte do Organicidade, palestrou sobre PANC – Plantas Alimentícias Não Convencionais e Paisagismo Funcional, aquele que é feito com plantas comestíveis, que servem como remédios etc.

As PANCs não são plantas exóticas como muitos pensam. É preciso valorizar, prestar atenção,estudar e se informar,afinal não se recomenda sair pegando qualquer planta e ir comendo.

Sempre devemos nos perguntar ao ver um milho na bandeja de um supermercado, como ele chegou ali? Muito bom comer o que se planta.

” O meu avô costumava dizer que pelo menos uma vez na vida precisamos de um médico, um advogado, um policial ou de um padre, mas que todos os dias e por tres vezes precisamos de um agricultor”. Brenda Schoepp

© 2017 Tempero da Vida. Todos os direitos reservados.

Outlab.