Tempero da Vida

Comida de praia / Comida de rua
Rosane Vidinhas
4 de maio de 2019

A árvore de Jamelão da minha rua

Por Rosane Vidinhas

Rio, 28 de abril de 2019

Ao entrar na minha rua falei com o Kleber porteiro: – está cheio de jamelão na calçada…

Ele: – Jamelão?? Nossa comia muito quando era criança …mas onde tem???

Kleber não é possível…ali a direita (isso há uns 20 metros), tem muito na árvore.
– Vi não “D. Rosane”…

O turno alternado do Kleber é das 7 da manhã às 7 da noite. Com certeza entra e sai pelo lado esquerdo do portão e nem imagina que a fruta da sua infância está tão pertinho dele. O tempo faz correr de casa para o trabalho, do trabalho para casa.

Por que passamos pela rua olhamos e não enxergamos?? As pessoas pisam nas frutinhas, nem olham para cima. A árvore do Jamelão pode chegar até 15 metros de altura. Sim, isso dificulta a retirada das frutas.

Meu sentimento é de GRATIDÃO a Deus, colocar no meu caminho uma árvore como essa. O zelador do prédio em frente reclama, pois ela mancha muito a calçada. E se cuidássemos melhor? E se déssemos valor?
Somos um país farto! Eu olho ao meu redor: é acerola, coco, banana, pé de abacate, entre outras frutas pelas ruas. É só observar mais!

O JAMELÃO também conhecido como Jambolão, ameixa roxa, baga-de-freira…
É uma fruta rica em vitamina C e fósforo, também tem antocianinas (sua coloração roxa), portanto antioxidante, auxilia o sistema imune e combate o envelhecimento precoce das células.
A casca do caule apresenta propriedades anti-inflamatórias, anticarcinogênicas e assim como as folhas, tem importante papel hipoglicemiante, ou seja, diminui o açúcar no sangue, controlando o diabetes.
O jamelão ajuda ao intestino, alivia cólicas e gases.

Não deve ser consumido em grande quantidade na gestação e amamentação e no caso de pessoas diabéticas, deve se controlar os níveis de glicemia no sangue para não baixar demais. Se for usar avise ao médico e/ou nutricionista.

Pode se usar suas folhas para chá e as frutinhas podem resultar em deliciosa geleia.

Se observarem no vídeo e fotos, uma árvore frutífera como esta, tomada pela “erva de passarinho” planta que mata a árvore. Se o órgão competente não vier cuidar, ela irá morrer aos poucos. Depois funcionários da Prefeitura chegam só para cortar como “não tem mais jeito” e tombam essa obra dos céus.

Somos um país farto! Eu olho ao meu redor: é acerola, coco, banana, pé de abacate, entre outras frutas pelas ruas. É só observar mais!

Deus nos dá e se não soubermos cuidar, um dia poderá faltar.

© 2017 Tempero da Vida. Todos os direitos reservados.

Outlab.